16/04/2018

Veículos elétricos: conheça a suas vantagens.

Criado por Charles Jeantaud, com a ajuda de Camile Faure (inventor da bateria de placas), em 1881, foi construído o primeiro veículo elétrico, na França. Este veículo tão moderno para época não se passava de uma simples charrete – adaptada com um eixo dianteiro giratório e uma cana de leme para apoio ao sistema de direção – com um motor Gramme e uma bateria Fulmen. Esta charrete melhorada serviu como laboratório móvel durante muitos anos, e os seus construtores não tinham muita certeza quanto à probabilidade de tornar este veículo comercial. Os problemas comuns de automóveis elétricos – capacidade de subir declives com carga e sua autonomia – não estavam sendo resolvidos e os seus criados já não tinham tantos recursos. Muitas coisas aconteceram desde então e hoje podemos dizer que o futuro pertence aos veículos elétricos.

O aumento do uso de veículos elétricos.

Por mais que os números de pontos de recargas ainda não sejam muitos, a quantidade de veículos elétricos no mundo vem crescendo rapidamente. De acordo com o Centro de Pesquisa em Energia Solar e Hidrogênio de Baden-Württemberg (ZSW), na Alemanha, no início de 2018, a frota mundial de veículos elétricos chegou a 3,2 milhões, representando um aumento de 55% em relação ao mesmo período do ano anterior. Conhecidos por serem mais econômicos e mais sustentáveis, os veículos elétricos contam com emissões nulas de gás e uma operação silenciosa, oferecendo uma possibilidade promissora para o setor de transportes. Para este modelo de veículo funcionar é necessários mais de sete quilowatts de energia, é então que entram em cena os carregadores que precisam atender a essa exigência de maneira eficaz e segura.

Principais fatores de crescimento do mercado de veículos elétricos.

- Maior aceitação dos consumidores, direcionada por preços mais competitivos e maior autonomia em todas as classes de automóveis; - Crescimento de práticas como compartilhamento de veículos e direção autônoma; - Maior apoio regulatório para o mercado de veículos elétricos nos mercados dos EUA, Europa e China; - Crescimento nos investimentos por parte dos fabricantes de carros; - Queda nos preços das baterias de lítio.

Como funciona o veículo elétrico.

- Motor: Normalmente, a potência de um veículo elétrico varia entre 15 e 200Kw (48Kw = 65hp).

- Carregador: O carregador do veículo elétrico converte a corrente alternada em corrente contínua. Realiza o carregamento do banco de baterias com tensão e corrente controlada.

- Conjunto de baterias: São elas que fornecem a energia necessária para o motor. O carregamento acontece tanto na desaceleração do veículo como na conexão com uma estação de recarga.

- Custo menor de manutenção e operação. Os veículos elétricos têm uma quantidade menor de peças móveis e de filtragem, trazendo menos desgaste mecânico e tornando a sua manutenção mais simples. Outra vantagem encontrada é a não existência da energia adulterada.

- Melhor eficiência energética: Os motores elétricos têm mais de 90% de eficiência. Em conjunto com um bom inversor de 90% de eficiência, a eficiência total do conjunto pode ser de 81%. Já a eficiência de motores a combustão não passa de 40%.

- Diminuição significativa dos resíduos poluentes: Por mais que toda a energia aplicada para carregar a bateria venha de uma usina termelétrica, mesmo assim são gerados menos resíduos poluentes do que se fosse queimado o combustível fóssil para movimentar o carro. Caso a energia elétrica seja de fonte renovável, como, por exemplo, hidroelétrica e eólica, a vantagem se torna muito maior para o veículo elétrico.

- Melhor condução: Por serem mais silenciosos, a condução do veículo elétrico se torna bastante agradável. Imagine uma cidade apenas de veículos elétricos, a poluição sonora seria bem menor.

Por que não utilizar a tomada padrão para carregar seu carro elétrico?

Os veículos elétricos são, geralmente, entregues com um cabo compatível com o padrão elétrico de tomadas residenciais. No entanto, este tipo de carregamento deve ser usado apenas como um backup, pois as saídas standard não são projetadas para fornecer as altas correntes (10A), que os veículos elétricos requerem, nem são adequados para carregamento regular ou uso prolongado (a carga completa pode levar até 8 horas). Este mau uso pode acarretar no superaquecimento da tomada, danificando a instalação elétrica e o carro elétrico. Nos Estados Unidos esta forma de recarga é proibida.

EVlink: vantagem que você não vai abrir mão.

A Engetel trabalha com a linha estações de recarga EVlink, que oferece uma tomada especial e segura para realizar a carga da melhor maneira possível para preservação e vida útil das baterias. A instalação da estação de recarga é realizada de maneira simples e rápida por um profissional capacitado. Os técnicos da Engetel foram treinados pelo Fabricante Schneider Electric para montagem do quadro de proteção, instalação das estações de recarga residencial e parking, além do comissionamento com maleta de testes profissional. Com um design moderno e compacto, a linha EVlink possui opções para as mais variadas aplicações, desde de uma vaga de garagem particular até estações de recarga rápidas com 2 tomadas para uso em vagas coletivas de alto fluxo. As estações de recarga são desenvolvidas para uso interno ou externo, com ou sem medição individual de consumo, além da possibilidade de liberação para recarga através de biometria, cartão proximidade ou smartphone. Os cabos EVlink de conexão com o veículo realizam recarga inteligente, com transmissão de dados entre o carro e estação de recarga, tornando o monitoramento mais preciso e seguro. As estações possuem conexão padrão T2 com possibilidade de uso de cabos com soquete do tipo T2 (europeu) ou tipo T1 (asiático), que se ajustam a qualquer modelo de veículo. Quer saber mais sobre o assunto? Clique aqui!