Automação garante qualidade do ar com economia para a Philips

Imprensa

Uma visita às instalações da Philips em Blumenau impressiona.

Dentro delas, todos os dias se movimentam 687 pessoas de várias nacionalidades, atuando nas áreas de desenvolvimento, comercial e suporte a avançados softwares de gestão da área médica, atendendo a clientes de diversas partes do mundo.

São quase 7 mil metros quadrados de área interna, em ambientes modernamente projetados e bem iluminados, espaços para lazer e lounges, além de áreas de convivência e descontração internas e externas.

O pé direito de 8 metros de altura permite uma disposição criativa dos diversos departamentos, que são separados não por corredores, mas sim, por espaços cercados de muito vidro que mais se assemelham a passeios públicos e pracinhas.

O DESAFIO DA SUSTENTABILIDADE

Acomodar todas essas pessoas em ambientes confortáveis e sustentáveis é o grande desafio da Philips de Blumenau, em consonância com a política global da empresa e atendimento às normas técnicas que regulamentam a segurança do trabalho.

Por exemplo: a unidade trata o próprio esgoto. A água, uma vez depurada, é reutilizada para todos os serviços sanitários e chillers utilizados nos processos de resfriamento de água dos sistemas de refrigeração.

Nas áreas de  automação do ar condicionado e controle da qualidade do ar interior, a Philips utiliza soluções fornecidas pela Engetel, empresa de Blumenau com 30 anos de atuação no mercado de automação predial, proteção contra incêndio e segurança integrada.

A economia de energia gasta com ar condicionado gira em torno de 25% em toda a operação.  

O responsável por todo esse processo é Alessandro Bianchini, que coordena área de Facilities & EHS da unidade.

Engenheiro de produção e técnico em segurança do trabalho, Alessandro relata os pontos principais da estrutura, metas e resultados da Philips em questões relativas ao bem-estar das pessoas:

1.Temos 6,8 mil metros quadrados de área interna.

2. São 687 funcionários, que precisam se mover dentro de um sistema de trabalho onde há poucas posições fixas, para que a estrutura possa ser otimizada.

3. As posições são classificadas em fixas ou mobiles, de acordo com cada função exercida.

4. A área de Facilities & EHS garante toda a funcionalidade do prédio, como itens de segurança, manutenção, controle de temperatura ambiente, sistemas anti-incêndio.

5. Contamos com as soluções da Engetel nas duas fases de implantação dos projetos do prédio.

6. A Engetel fornece equipamentos e softwares de controle do ar, ventilação natural controlada e extração de fumaça em caso de incêndio.

7. Cerca de 60% dos custos com energia elétrica da operação são relativos ao ar condicionado.

8. Os sistemas instalados pela Engetel permitem um controle automatizado da temperatura em todos os ambientes, mantendo níveis de temperatura adequados.

9. A economia mensal no total da conta de energia elétrica gira em torno de 15%, sendo maior no inverno.

10. Em relação ao ar condicionado, a economia é de 25%.

11. Uma comparação entre os consumos em quilowatts dos meses de setembro de 2017 e setembro de 2018 mostra uma leve queda no volume, sendo que nesse período foram contratadas 100 pessoas a mais.

12. O consumo de oxigênio e o calor gerado internamente aumentam à medida em que mais pessoas circulam por um ambiente. Com o controle automatizado, o consumo de energia elétrica e o aproveitamento do ar pode ser mantido dentro dos níveis de qualidade sem gastos adicionais.

13. Um software customizado implantado pela Engetel permite economia através da troca do ar interno com o ambiente externo de forma mais eficiente, gerando mais conforto térmico às pessoas.

14. O software permite monitoramento e intervenção nos diversos departamentos a partir de uma única tela que apresenta em tempo real todos os dados relativos às condições de temperatura e qualidade do ar interior.

15. O sistema atende às normas relativas aos riscos ergonômicos, controlando a umidade do ar e mantendo a temperatura entre 20 e 23 graus.

16. O controle de CO² permite que as pessoas não sofram com perda de concentração, fato comum em ambientes fechados.


AUTOMAÇÃO DO AR CONDICIONADO E VENTILAÇÃO NATURAL CONTROLADA

As soluções implementadas pela Engetel no prédio da Philips permitem o monitoramento e controle integral do sistema de ar condicionado central.

Outro recurso que contribui para melhorar o conforto térmico e qualidade do ar é a ventilação natural controlada.

Trata-se de um sistema que permite realizar a renovação de ar por meio de atuadores elétricos, que abrem janelas instaladas na fachada da edificação e claraboias na cobertura.

Além de monitorar a temperatura, o sistema supervisiona as condições de limpeza dos filtros, exibe uma tela com informações sobre o volume de água em cada chiller e nas torres de resfriamento.

Em horas previamente agendadas durante a noite, o sistema abre as janelas e os dampers para permitir a entrada de ar fresco e natural, retardando o acionamento do ar-condicionado na manhã seguinte.

Sensores evitam a abertura das janelas em caso de chuva e também as fecham automaticamente se começar a chover durante o período de abertura.

Os dampers e as janelas abrem automaticamente em caso de princípio de incêndio, para que a fumaça, o calor e os gases tóxicos sejam extraídos do edifício e os caminhos de evacuação fiquem livres de fumaça.

Conteúdo oferecido pela Engetel, empresa com 30 anos de atuação no mercado de automação predial, proteção contra incêndio e segurança integrada. Saiba mais sobre a empresa AQUI.

A Engetel agradece a Philips pela parceria nesta divulgação e sente-se orgulhosa em poder contribuir para com o atingimento das metas da empresa em relação aos padrões internacionais de condições de trabalho e segurança predial.

Clique AQUI para acessar a matéria completa.